sábado, 31 de dezembro de 2011

Como vai sua Autoestima? Por Dra. Cíntia Sampaio

Olá seus lindos!!!
Ufa, terminou 2011, hein!!!
Graças aos Deuses, afinal esse ano não foi dos melhores, mas tenho certeza que 2012 chegará, todo esplendoroso, para nos fazer felizes!

E hoje, no último dia do ano, o Blog MarconeValentine despede-se dos nossos adoráveis leitores com um texto reflexivo escrito pela competentíssima psicóloga Dra. Cintía Maiola Sampaio, minha amiga pessoal, uma mulher guerreira, valorosa, dedicada e amável, que atendeu gentilmente nosso pedido de escrever para este humilde espaço de comunicação.
Esperamos que em 2012 possamos compartilhar cada vez mais nossas conquistas, que vocês possam conhecer-nos mais e que nós possamos ser veículo de aprendizagem, diversão e informação de uma maneira leve, ressaltando o que a vida tem de bom.
Muito obrigada a todos e fiquem com o texto da nossa querida Dra. Cíntia.

Como vai a sua autoestima?



Auto-Estima é a capacidade que uma pessoa tem de confiar em si própria, de se sentir capaz de poder enfrentar os desafios da vida, é saber expressar de forma adequada para si e para os outros as próprias necessidades e desejos, é ter amor próprio... Em suma, é saber que você tem o direito e merece mesmo ser feliz!

A baixa autoestima gera ansiedade, inveja, medo, depressão, fobias,...enfim, uma série de outros problemas!
 As pessoas costumam confundir autoestima com egoísmo!
Uma pessoa com boa autoestima nunca é egoísta! 


Ao contrário!!!
Aquele que ama a si próprio, respeita-se e, automaticamente, respeita as outras pessoas e jamais desejará prejudicá-las. O egoísta, por sua vez, só pensa em si próprio, nunca se importando com ninguém!! 

Quais as características de quem tem baixa auto-estima?

- Preocupam-se muito com o que os outros pensam sobre elas;
- Possuem sentimentos de incapacidade para enfrentar os desafios da vida, não acreditam nos seus potenciais;
- Valoriza mais os seus “defeitos” e desvaloriza as suas qualidades, e também não aceita bem os elogios e não se sente merecedora de presentes. É comum afirmarem que gostam mais de dar do que receber. Podem ter grande medo de expor as suas idéias com receio do ridículo e da desaprovação.
- Culpam os outros pelos seus problemas (sempre se consideram vítimas);
- Possuem tendências perfeccionistas e que precisam se sentir no controle de tudo o que acontece a sua volta, o que provoca altos níveis de stress;
- Reagem rapidamente com raiva e esta é quase sempre dirigida de maneira errada para a pessoa errada;
- Com freqüência não dão certo no casamento porque se casaram pelos motivos errados;
- Desvaloriza o que sente e nas escolhas que faz no dia-a-dia mostra que não acredita ser feliz, ter um emprego melhor, ter um bom ordenado, um bom casamento, etc..
- Adquirem compulsões: abuso de álcool, drogas ou fumo, sexo, compras exageradas, ganho ou perda de apetite;
- Tem necessidade de aprovação;
E se você tiver a maioria destas características é bom cuidar da sua autoestima, quer parar de sofrer, está na hora de começar a mudar...
Nunca é tarde para isso!
E por onde você vai começar? 

Primeiro, comece com você. 

Você tem que construir o seu amor-próprio.  
E se não consegue fazer isso sozinho, busque ajuda profissional adequada, fazer psicoterapia é importante!!
Quanto mais verdadeiro for com você mesmo(a), melhor será o conceito que você tem de si mesmo(a) e maior será a sua auto-estima.
Trace objetivos e esforce-se para conquistá-los, seja responsável na sua concretização.
Nunca nada mudará amanhã se nada fizermos hoje.
Seja uma pessoa interessante interiormente, liberte-se do peso do passado e da vida, e faça coisas interessantes para se sentir revigorada.
Acredite em você...
“Seja a mudança que você quer ver no mundo.” Dalai Lama  
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário